Saúde de Maricá recebe dez novas ambulâncias para atendimento de emergências

Share Button

Prefeito, com a secretária de Saúde, numa ambulância avançada que atenderá o hospital e a UPA

A Prefeitura de Maricá entregou na última quarta-feira (13/09), dez ambulâncias novas e equipadas para o atendimento de emergência no município. Segundo a Secretaria de Saúde, a frota renovada permitirá realizar até o triplo dos quase 130 atendimentos diários feitos pela rede municipal, com alocação em pontos estratégicos por toda a cidade. A solenidade aconteceu na base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), no Centro, e contou com a presença do prefeito Fabiano Horta; da secretária de Saúde Simone Costa; do presidente do Legislativo Aldair de Linda; além de secretários, vereadores e demais autoridades municipais.

A vida não tem preço e isso para mim é norte, é a bússola de uma série de questões que o governo vai construir e vem construído em Maricá”, afirmou Fabiano. “O dinheiro de royalties de Maricá não vai ter mensuração no sentido da falta de razão para não construir um sistema de Saúde que funcione e uma cidade que melhore. Sabemos do avanço que Maricá tem tido e vai ter na sua capacidade econômica de agir e não vamos deixar de agir e acima de tudo de buscar melhorar a vida das pessoas”, afirmou. “Essas ambulâncias que estão sendo locadas aqui e que vão servir com qualidade ao povo de Maricá são frutos do avanço da cidade e da conquista que a cidade tem hoje de capacidade para avançar com os royalties do petróleo. É bom enxergar isso”, frisou. “Nós temos hoje a segurança, a certeza, de que vamos conseguir atender a quem precisar de um socorro, de um suporte porque temos aqui ambulâncias mais avançadas, com recursos médicos e mais tecnológicos e também ambulâncias para um translado mais imediato que vai servir a toda a população”, explicou. “Uma cidade não se constrói com palavras. Uma cidade se constrói melhorando ruas, melhorando creches, construindo escolas, contratando ambulâncias, fazendo o todo ser melhor”, concluiu o prefeito.

Dos dez veículos, quatro são unidades avançadas e seis são básicas. Destas, dois avançados e três básicos ficarão no Hospital Conde Modesto Leal; um avançado e um básico na UPA de Inoã; e um básico nos postos de Ponta Negra, Santa Rita e São José II cada. Sendo que esses três últimos não ficarão nos postos por 24h. Permanecerão apenas durante o período de funcionamento, no intuito de atender as emergências das unidades de Atenção Básica e fora desse período, ficarão parqueadas no Conde Modesto. É importante salientar que estas ambulâncias não irão substituir as unidades do SAMU, que continua sendo o atendimento de urgência e emergência de Maricá.

Por Paulo Torres

Foto: Gustavo Farias

Share Button

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *