Iguaba tem Campanha de Vacinação Antirrábica no sábado

Share Button

. As doses da vacina ficarão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centro Geriátrico, Academia Popular, Associação de Moradores do Arrastão das Pedras e também no CIEP 457.

A adesão da população às Campanhas de Vacinação contra Raiva tem mantido a sociedade livre da raiva em humanos e em cães e gatos desde 1982 e 1984.

Embora a raiva esteja controlada nessas espécies, isso não isenta da vacinação anual que, além de obrigatória por lei, é o fator de maior relevância para garantir a manutenção de controle da raiva.

Anualmente, são realizados cerca de 15 mil atendimentos na rede hospitalar pública por mordedura de cães e gatos. Em media, somente 10% dos casos notificados de agressão são encaminhados para tratamento, em função dos serviços de vigilância, observação domiciliar e remoção do animal para o canil.

A vigilância Sanitária procura voluntários para trabalhar no dia, os interessados devem comparecer na sede da Secretaria de Saúde para mais informações, ou entrar em contato através dos números (22) 2634-3738; (22) 2634-3808; (22) 2634-0274.

Informações úteis:

A partir dos três (03) meses de idade, cães e gatos devem ser vacinados contra raiva todos os anos;

Cães e gatos não devem ter livre acesso à rua;

Ao sair com animal mantenha-o sob controle, utilizando coleira e guia;

Nunca provoque um animal;

Não toque em animais estranhos, feridos ou que estejam se alimentando;

Não aparte brigas entre animais, nem mexa com fêmeas e suas crias

Em caso de acidentes por mordedura ou arranhadura de cães e gatos:

Lavar o ferimento com água e sabão e procure orientação médica;

Identifique o animal agressor e seu proprietário;

Caso o cão ou gato for conhecido, observar o animal por 10 dias;

por Daniele Beldon

Share Button

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *