Iguaba Grande recebe Mamógrafo Móvel

Share Button

 Iguaba Grande recebe Mamógrafo MóvelNo dia 15 de maio chega a Iguaba Grande a Unidade Móvel de Mamografia (UMMAMO). O início dos exames está previsto para o dia 16 de maio. O serviço disponibiliza exames digitais de mamografia e ultrassonografia a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), além da possibilidade de realizar biópsias mamárias ali mesmo caso o médico detecte alguma alteração no procedimento, evitando perda de tempo entre o diagnóstico e o tratamento. A iniciativa visa, principalmente, o diagnóstico precoce do câncer de mama, que é o tipo mais comum entre mulheres no Brasil e que registra cerca de 13 mil mortes por ano.

O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, podendo ser estendido até às 19h, e aos sábados, das 8h às 15h. O mamógrafo móvel ficará na Rodovia Amaral Peixoto, km 97, ao lado da sede da prefeitura. O aparelho tem capacidade de realizar diariamente 60 mamografias e 30 ultrassonografias, além de 25 biópsias semanais. Os exames duram cerca de 20 minutos.

Iguaba Grande será o município polo. As demais cidades beneficiadas serão: Cabo Frio, Búzios, Arraial do Cabo, São Pedro D´Aldeia, Araruama, Saquarema, Silva Jardim e Rio Bonito. Os agendamentos dos serviços de mamografia e ultrassonografia são feitos pela Secretaria de Saúde do município de origem do paciente. Caso o pedido de exame seja feito por um médico particular é necessário carimbo e assinatura de um funcionário designado, durante a requisição do exame. Após um período de 10 a 15 dias úteis, os laudos são entregues ao município de origem dos pacientes.

A faixa etária de 50 a 69 anos é definida como prioritária para a realização do exame preventivo pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e seguida pelo Ministério da Saúde diante da maior incidência da doença e a definição tem por base estudos que apontam para a maior eficácia na prevenção do câncer de mama na faixa etária preconizada. O Ministério da Saúde também recomenda que os médicos solicitem o exame da mamografia às pacientes, independentemente da idade, que tenham histórico da doença na família, especialmente se uma ou mais parentes de primeiro grau (mães e irmãs) tiveram câncer de mama antes dos 50 anos. Nestes casos, a orientação é que as mulheres façam o acompanhamento médico a partir dos 35 anos para que o profissional avalie, junto com a paciente, os exames e os procedimentos que deverão ser feitos.

A previsão é de que a Unidade Móvel de Mamografia fique em Iguaba Grande até o dia 11 de junho.

 

Share Button

Você pode gostar...