Programa Carbono Neutro leva mais de 500 mudas de árvores à Carapebus

Share Button

A prefeitura de Carapebus através da secretaria de Meio Ambiente e Turismo junto com a Polícia Federal, realizará na próxima quinta-feira (11) o Programa Carbono Neutro.

O Programa Carbono Neutro consiste em levar o verde para as ruas da cidade através do plantio de mudas de árvores. O evento será lançado em frente à própria secretaria a partir das 8 horas reunindo autoridades e estudantes de Carapebus, Quissamã e Macaé.

Considerando a importância de se neutralizar as emissões de gases que causam o efeito estufa, o programa tem como objetivo realizar o plantio de 500 a 1000 mudas de árvores nativas do Parque Nacional Restinga de Jurubatiba, que através do seu processo de fotossíntese absorve o CO2 (gás carbônico) e libera oxigênio.

Atualmente as cidades queimam uma grande quantidade de combustíveis fósseis diariamente. A queima desse combustível gera alto índice de poluição na atmosfera, que são os responsáveis pelo efeito estufa e o aquecimento global. São conhecidos como gasolina, óleo diesel, gás natural e carvão mineral.

O Brasil é um dos maiores produtores de CO2, sendo que 65 por cento, dessa poluição ocorrem através das queimadas, que atualmente estão proibidas no país. Por esse motivo a alternativa é o uso do bicombustível, que são fabricados a partir de vegetais como, milho, soja entre outros, que reduzem significativamente a emissão de gases poluentes como exemplo o etanol que é produzido a partir da cana-de-açúcar e do milho.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente Roberto Carlos Batata, o intuito é chamar jovens alunos para realizar um trabalho de educação ambiental. “Eles serão os futuros gestores sociais e quem sabe até políticos. É necessário levar aos jovens a importância de se ter consciência das nossas atitudes”, finaliza o secretário.

As árvores foram doadas pela própria Polícia Federal que anualmente realiza esta ação para tentar neutralizar o efeito do CO2 (gás carbono) na atmosfera. As mudas serão plantadas, no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba na área que em 2007 ocorreu um incêndio.

Share Button

Você pode gostar...