Iguabinha: violentada, abusada e esquecida

Share Button

Iguabinha AraruamaIguabinha era uma pequenina joia da natureza na Lagoa Araruama. Doce, tranquila, ensolarada e ao mesmo tempo um refúgio refrescado pela brisa constante e pela sombra de suas amendoeiras – algumas centenárias.

Elas se concentravam mais no centro da linha da praia e um pequeno quiosque rústico, da terra, recebia, refrescava, saciava, todos os que usufruíam o pequeno paraíso. Mesmo quando a lagoa já estava poluída ainda era um paraíso nas areias.

Mas tudo se perdeu quando, “fazendo política”, a administração anterior do município tudo derrubou, descaracterizando-a, plantando coqueiros esparsos, de pouca sombra, construindo um parque pequeno infantil, de madeira, sob o sol causticante, sem abrigo ou proteção!

As amendoeiras se foram, sobrevivendo apenas as das extremidades da praia. Lá, aqueles que ajudam a manter o município com seus impostos, se amontoam nas poucas sombras restantes; o parque infantil, os aparelhos de ginástica, um cercado sem finalidade ou utilização, todos de madeira, apodreceram, caíram e se tornaram armadilhas de pregos e farpas – testemunhas mudas mas gritantes do abuso, da violência, do esquecimento de Iguabinha.

A administração que fez tudo isso usou de ironia ao se intitular Senhor da Educação! Mas nesse momento de consciência ecológica, frente ao que foi feito e desfeito parece-nos mais indicado continuar a ser Senhor do Atacadão!

Perguntamos a ele, que não nos respondeu, e perguntamos agora à nova administração: E agora, senhor novo prefeito? Quando será Iguabinha justiçada, cuidada, refeita em suas árvores, quiosques, em sua personalidade, em seu jeito manso e único de ser? Quando seus habitantes, contribuintes, serão respeitados, chamados de volta? Quando poderá ela deixar de ser um lugar fantasma, decadente, oferecida à venda sem que se queira comprar, com empregos cada vez mais escassos e comércio enfraquecido?

A lagoa está revivendo e queremos manter a esperança que Iguabinha, a doce Iguabinha, também possa renascer.

mariatude@…

Share Button

Você pode gostar...