Macaé sedia o 5º Hosana

Share Button
Praça Veríssimo de Mell

Praça Veríssimo de Mell

Macaé vai sediar um grande evento católico no domingo de Cristo Rei, dia 24 de novembro. Será a quinta edição do “Hosana”, na Praça Veríssimo de Mello, das 8h às 16h. Pregações, adoração, missa e muito louvor, por meio de animação carismática, irão acontecer durante o evento, que tem o apoio da prefeitura.

Já estão confirmadas as presenças de Renato Ritton, que foi coordenador do Ministério de Pregação da Renovação Carismática Católica (RCC) do Estado do Rio de Janeiro e do cantor católico Márcio Pacheco, que atualmente é deputado estadual e faz parte da equipe da RCC. Ele vai conduzir o louvor e a animação junto com a banda Vine, da cidade de Quissamã.

Segundo o coordenador da RCC do Vicariato Litoral, Robson Lima Neves, de 44 anos, o tema do evento é: “Eis a vitória que vence o mundo, a vossa fé”. Ele ainda conta que o lema é “Famílias Restauradas”.

A bandeira do evento é a maior confiança em Deus para vencer as tribulações da vida, tema que encontra-se em I Jo 5, 4, além da ênfase ao evangelho de Cristo Rei.

“Tudo será canalizado em prol da restauração e renovação das famílias. O objetivo desse ‘Hosana’, por intermédio de suas pregações, é que as famílias sejam devidamente restauradas, crescendo na fé e tendo seus membros atuantes na igreja, sentindo a presença de Deus e sendo verdadeiramente felizes”; justifica Robson.

Hosana nas alturas

Hosana nas alturas é uma frase usada pela Igreja Católica. Hosana é um termo proveniente tanto do latim, como do hebraico, e significa “Salva-nos, te imploramos”, ou “te imploro”. Hosana nas alturas é uma oração a Deus, e significa: “Salva-nos agora, ó Tu que habitas nas maiores alturas”.

O termo surgiu em um momento da história que é contado na Bíblia. Ocorreu quando uma multidão esperava que Jesus fosse um rei terreno, e a recepção que lhe deram lembrava a entronização de Salomão ou a ascensão de Jeú ao trono de Israel.

Conforme a Bíblia, imediatamente as pessoas pegaram os seus mantos e os estenderam sobre os degraus diante de Jesus, mas ele não se preocupou em ser rei neste mundo, humilhando-se e sendo obediente até à morte na cruz.

A multidão gritava “Hosana”, como que repetindo as palavras do Salmo 118.25: “Salva-nos, SENHOR”! Nós imploramos”. Não demoraria muito e a multidão, instigada pelos agitadores plantados ali pelos inimigos de Jesus, gritaria: “Crucifica-o”.

O povo gritou: “Hosana! Bendito é aquele que vem em nome do Senhor!” (Mateus 21:9). Atualmente, esse termo é usado da mesma maneira na exaltação de Cristo. Nas celebrações de algumas religiões cristãs, os devotos cantam “Hosana nas Alturas”. E Jesus atendeu ao pedido, dando sua vida pela salvação da humanidade.

Foto: Érica Ferreira

Share Button

Você pode gostar...