Etapa final do Campeonato Estadual de Motocross será em São Pedro da Aldeia

Share Button

Etapa final do Campeonato Estadual de Motocross Nos dias 7 e 8 de dezembro, o ronco dos motores vai soar mais alto em São Pedro da Aldeia. Responsável por sediar a etapa final do Campeonato Estadual de Motocross, o município aldeense será a capital do esporte sob duas rodas, reunindo adrenalina e disputa pelo primeiro lugar na competição motociclística. Promovido pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Liga Esportiva de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro (Lemerj), a etapa final será realizada na Pedreira Franciscone, localizada a beira da RJ 140, no Campo Redondo, das 10h às 17h. As inscrições podem ser feitas no site oficial da Lemerj, ou nos dias do evento, no sábado a partir das 13h e no domingo a partir das 8h.

No primeiro dia de competição (07), serão realizados os treinos livres de todas as categorias, a partir das 14h. No domingo, os treinos de reconhecimento da pista serão iniciados às 11h. As corridas começarão às 12h30. De acordo com o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Sergio Mello, o evento de motocross será realizado para todas as idades e competidores.

“Vamos realizar esse grande evento de motocross em São Pedro da Aldeia com diversas categorias em disputa, para faixas etárias diferentes. Essa realização ocorrerá em parceria com a Lemerj, responsável pela organização de diversas etapas municipais do Campeonato Estadual. É com satisfação que recebemos esse evento o Prefeito Cláudio Chumbinho está de parabéns em trazer esse evento para cidade”, disse.

Para oferecer melhor qualidade aos competidores a Prefeitura aldeense está realizando limpeza no espaço, retirando raízes e vegetações e alinhando obstáculos de areia no terreno, onde serão realizadas as manobras do MotoCross. Os competidores estarão divididos nas categorias 50 cilindradas (6 a 9 anos), 60 cilindradas (9 a 12 anos), 80 cilindradas (12 a 15 anos), 230 cilindradas (motos nacionais), Força livre Nacional (motos de cilindrada livre), Força Livre Importada (motos de cilindrada livre), MX1 (motos importadas de450 cilindradas), MX2 (motos importadas de 250 cilindradas), MX3 (pilotos acima de 35 anos com motos de cilindradas livres), MX4 (pilotos acima de 45 anos com motos de cilindradas livres), Amador (pilotos iniciantes com motos importadas de cilindrada livre) e local (pilotos residentes na cidade com qualquer moto de competição). Os vencedores de cada categoria serão premiados com troféu e medalha.

Share Button

Você pode gostar...